A RELIGIOSIDADE NOS DISTRITOS DE SOUZÂNIA E INTERLÂNDIA: ESTUDO DE CASO DAS FOLIAS DO DIVINO

Luan Filipe Coelho, Poliene Soares Bicalho

Resumo


As festividades católicas são praticadas no território brasileiro desde o período colonial, quando o colonizador europeu aqui se estabelece e começa a disseminar seu legado cultural. Tais festividades contribuem para a formação da identidade brasileira. O presente artigo tem como recorte espacial as folias do Divino Espirito Santo realizadas nos distritos de Souzânia e Interlândia, situados no município de Anápolis (GO). O artigo tem como objetivo principal compreender a importância das folias do Divino Espirito Santo na formação sociocultural destes distritos. Para tanto, utilizou-se, como metodologia, a revisão bibliográfica de autores que discutem a temática; o levantamento de dados sobre a área pesquisada e do objeto de pesquisa; a elaboração de instrumentos de coletas de dados e, posteriormente, sua aplicação; concomitante com a estruturação do texto. Ao término, pontua-se que a folia do Divino contribui para a formação da identidade cultural local.

Palavras-chave


Cultura; Religiosidade; Folia do Divino Espirito Santo; Souzânia/Interlândia.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, U.P; LUCENA, R.F.P; CUNHA, L.V.F.C. Métodos e Técnicas na Pesquisa Etnobotânica. 2 ed. Recife. Ed Comunigraf. 2008

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. De Tão Longe Venho Vindo: símbolos, gestos e rituais do catolicismo popular em Goiás. Goiânia: UFG, 2004.

CLAVAL, P. Uma, ou algumas abordagem (ns) cultural(is) na geografia humana? In SERPA, A. (org) Espaços culturais: vivencias, imaginações e representações. Salvador: EDUFBA, 2008, p. 13-29.

COELHO, Luan Filipe F Coelho. A produção do Espaço urbano na dimensão da cidade media: o rurbano na leitura dos distritos anapolinos nos últimos 20 anos. Trabalho de Conclusão de Curso, UEG (GO) Anápolis, 2017.

COSTA, Carmem Lúcia. As festas e o processo de modernização do território goiano. Raega - O Espaço Geográfico em Análise, [S.l.], v. 16, dez. 2008. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/12679 . Acesso em: 11 dez. 2018.

D’ABADIA, Maria Idelma Vieira; ALMEIDA, Maria Geralda de. Festas religiosas e pós modernidade. Revista GeoNordeste, [S.l.], n. 2, maio 2012. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/geonordeste/article/view/2456 Acesso em: 11 dez. 2018.

D’ ABADIA, M.I.V. LOBÔ, T.C. As Folias de Santos Reis: manifestação religiosa cristã no cerrado goiano. Anais do II Seminário Internacional da ABHR. Florianópolis (SC)2016.

Disponível em http://www.simposio.abhr.org.br/resources/anais/6/1473968449_ARQUIVO_TEXTOAsFoliasdeSantosReismanifestacaoreligiosacristanocerradogoiano.pdf Acesso em 12 dez 2018.

ELIADE, M. O Sagrado e o Profano: a essência das religiões. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

GIL FILHO, Sylvio Fausto. Por uma geografia do sagrado. Raega - O Espaço Geográfico em Análise, [S.l.], v. 5, dez. 2001. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/18316/11880 . Acesso em: 10 dez. 2018.

HACKMANN, Geraldo Luiz Borges. O sentido cristão das festas religiosas. Rev. Trim. Porto Alegre v. 36 Nº 154 Dez. 2006 p. 867-883 Disponível em https://core.ac.uk/download/pdf/25531851.pdf

LARAIA, Roque de Barros. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro. Ed Zahar, 1986

LOBÔ, T.C; CURADO, J.G.T. As folias do Divino em Pirenópolis, Goiás: patrimônio cultural. In: OLIVEIRA, Maria de Fátima; PEREIRA, Robson Mendonça; D’ABADIA, Maria Idelma Vieira; CURADO João Gulherme da Trindade (orgs). Festas, Religiosidades e Saberes do Cerrado. Anápolis: Editora UEG, 2015.

OLIVEIRA, Frederico Salomé de. O catolicismo rústico ganha uma cidade nova: A Festa do Divino da Comunidade Canela, antes e depois de Palmas/TO. VI ENECULT. Encontro de estudos multidisciplinares em cultura. FACOM-UFBA. Salvado-Bahia, Brasil. De 25 a 27 de maio de 2010. In: http://www.cult.ufba.br/wordpress/24418.pdf. Acesso: Dia 25/02/2019 às 14:29h.

MARQUES, I. P. et al. Sousânia e sua história [Anápolis]. [2001 ou 2002]. 20 p. Trabalho escolar.

MESSIAS, Noeci Carvalho. Seguindo o cortejo: breves considerações sobre a morte de um imperador do Divino Espirito Santo, em Natividade, Tocantins. In: OLIVEIRA, Maria de Fátima; PEREIRA, Robson Mendonça; D’ABADIA, Maria Idelma Vieira; CURADO João Gulherme da Trindade (orgs). Festas, Religiosidades e Saberes do Cerrado. Anápolis: Editora UEG, 2015.

SAINT-HILAIRE, Auguste. Viagem a província de Goiás. Trad. Regina Regis Junqueira. Belo Horizonte. Ed Itatiaia. Edusp. 1975

SANTOS, J. L dos. O Que é Cultura? 14 ed. São Paulo. Ed Brasiliense, 1994.

SILVA, Alcione. O sagrado e o profano na autonomia do homem moderno. Dissertação de Mestrado, PUC (RS), Porto Alegre, 2013.

SILVA, Mônica Martins da. A festa do Divino. Romanização, Patrimônio & Tradição em Pirenópolis (1890-1988) Dissertação de Mestrado, UFG (GO) Goiânia, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v12i1.7201

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (05/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.