LOUCURA FEMININA EM GOIÂNIA

Michel Barbosa Gomes

Resumo


O artigo proposto irá mapear o surgimento do hospital psiquiátrico na Europa e no Brasil e, ao mesmo, tempo propor uma análise sob perspectiva de gênero. Pretendo estabelecer uma discussão sob o alcance da psiquiatria sobre o corpo feminino e entender como as mulheres se tornaram alvo privilegiado dessa nova “ciência”. Para esse intuito utilizarei alguns artigos e leituras sobre o assunto, assim como farei algumas inferências sobre a loucura feminina em Goiânia a partir da análise do filme: Passageiro de Segunda Classe que retrata a rotina da vida asilar no antigo hospital psiquiátrico Adauto Botelho.

Palavras-chave


Loucura; Psiquiatria; História; Gênero; Goiânia; Madness; Psychiatry; History; Genre; Goiânia

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, Machado de. O alienista. São Paulo: Ática, 1992.

CALEIRO, Regina Célia Lima; MACHADO, Jacqueline Simone de Almeida. Loucura feminina: doença ou transgressão social? Desenvolvimento Social, Montes Claros, v. 1, n. 1, jan./jun., 2008.

CASTEL, Robert. A ordem psiquiátrica: a idade de ouro do alienismo. Rio de Janeiro: Graal, 1978.

BUENO, Austragésilo Carrano. Canto dos malditos. Rio de Janeiro: Rocco, 2001.

ALMEIDA, Amélia Cardoso; NEVES, Cleiton Ricardo. A identidade do “outro” colonizado à luz das reflexões dos estudos pós-coloniais. Em Tempos de História, Brasília, n. 20, jan./jun., 2012.

CUNHA, Maria Clementina Pereira. O espelho do mundo – Juquery a história de um asilo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

CUNHA, Maria Clementina Pereira. Cidadelas da ordem. A doença mental da República na República. São Paulo: Brasiliense, 1990.

DELGADO, Vanessa Guimarães; MACHADO, Richardson Miranda; OLIVEIRA, Sabrina A. Batista Maia. Características sociodemográficas e clinicas das internações psiquiátricas das mulheres com depressão. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia. jan./mar., 2013.

ENGEL, Magali Gouveia. Os delírios da razão: médicos, loucos e hospício. Rio de Janeiro, 1830-1930). Rio de Janeiro: Fiocruz, 2001.

FOUCAULT, Michel. Efermedad mental y personalidade. Buenos Aires: Paidos, 1961.

FOUCAULT, Michel. O poder psiquiátrico. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012.

MACHADO, Richardson Miranda; OLIVEIRA, Sabrina A. B. Maia; DELGADO, Vanessa Guimarães. Características sociodemográficas e clínicas das internações psiquiátricas de mulheres com depressão. Revista Eletrônica de Enfermagem. UFG, 2013.

PASSAGEIROS de segunda classe. Direção: Kim-Ir-Sem, Luiz Eduardo Jorge, Waldir de Pina. Brasil, 2001. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZFBpvFwP9hM. Acesso em: 17 dez. 2017.

PELÚCIO. Larissa. Subalterno quem, cara pálida? Apontamentos às margens sobre pós-colonialismo, feminismos e estudos queer. Contemporânea, São Paulo, v. 2, n. 2, jul./dez. 2012.

PESSOTI, Isaias. O século dos manicômios. São Paulo: Editora 34, 1996.

RODRIGUES, Leonardo de Melo. A construção do acontecimento “pós-estruturalismo”. In: I SEMINÁRIO DE PESQUISA DA PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA, 2008, Goiânia. Anais [...]. Goiânia, UFG/UCG. 15 a 17 de setembro, 2008.

WADI, Yonissa Maritt Wadi. Experiências de vida, experiências de loucura: alguns históricos sobre mulheres internadas no Hospício São Pedro. História Unisinos. São Leopoldo, v. 10, n. 1, jan./abr., 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/mos.v12i0.6401

Rodapé - Mosaico
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND

MOSAICO | Programa de Pós-Graduação em História | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7801 | Qualis A3 (Avaliação Preliminar da CAPES/PERIÓDICOS - 2019)

Visitantes - (01/01/2006 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 8.363
Estados Unidos 407
França 265
Portugal 130
Alemanha 61
Reino Unido 32
Espanha 26
México 24
Rússia 21
Total 9.575

Fonte: Google Analytics.