Próximas Edições: CRENÇAS E REPRESENTAÇÕES RELIGIOSAS NA CULTURA CONTEMPORÂNEA

Crenças e representações religiosas são historicamente contextualizadas. Marcadas por complexidades e ambiguidades, no Brasil, por exemplo, elas são oriundas de diversas matrizes culturais – indígenas, africanas, europeias etc. – e formadas a partir da sedimentação de várias camadas temporais. Por causa disso, elas passaram por modificações, simbioses, extinções, caracterizando-se por uma multiplicidade étnica e geográfica. Portanto, há numerosos exemplos de festas, rituais, movimentos devocionais e espiritualidades que emergiram dentro, nas fronteiras ou nas margens da liturgia oficial dos cultos religiosos institucionalmente dominantes. Assim, tanto o catolicismo romano, como o protestantismo histórico, no contato com as crenças e práticas religiosas de origem africanas ou ameríndias, sofreram alterações ou adaptações litúrgicas acarretadas pela especificidade do meio cultural brasileiro. O objetivo desse Dossiê é reunir artigos que abordem as crenças e as expressões religiosas em sua diversidade, antigas e contemporâneas, originadas na fronteira do cânone hierárquico das religiões institucionalizadas e possam, assim, ser caracterizadas a partir da especificidade das culturas, nas quais surgiram.