ÁGUA DE MENINOS: INSIGHTS DE UMA ARQUEOLOGIA SUBAQUÁTICA DA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

Leandro Domingues Duran, Gilson Rambelli

Resumo


Baseado na proposta de uma arqueologia do lixo marítimo a partir da perspectiva da paisagem submarina, como proposto por Mirja Arnshav, este artigo explora um conjunto particular de artefatos identificados em contextos submersos associados ao Porto Organizado da cidade de Salvador, na região historicamente conhecida como Água de Meninos. Explorando o ineditismo da discussão de uma arqueologia marítima de contextos contemporâneos ou do passado recente no âmbito da arqueologia brasileira, estabelece-se um diálogo com a rara produção nacional sobre a matéria, apresentando uma interpretação dos diferentes processos culturais operados nesse espaço marítimo.

Palavras-chave


Água de Meninos; Arqueologia Marítima; Arqueologia Subaquática; Arqueologia do Lixo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARNSHAV, Mirja. The freedom of the seas: untapping the archaeological potential of Marine Debris. Journal of Maritime Archaeology, v. 09, p.01-25, 2014.

AMARAL, Daniela. M. Loiça de barro do agreste: um estudo etnoarqueológico de cerâmica histórica pernambucana. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia/Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

ANDRADE, André. W. O. Arqueologia do lixo: um estudo de caso nos depósitos de resíduos sólidos da cidade de Mogi das Cruzes em São Paulo. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia/Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

ANDRÉN, Anders. Between artifacts and texts – historical archaeology in global perspective. Translated by Alan Crozier. New York: Plenum Press, 1998.

ARAÚJO, Ismael Xavier de; SASSI, Roberto; LIMA, Eduardo Rodrigues Viana. Pescadores Artesanais e pressão imobiliária urbana: Qual o destino dessas comunidades tradicionais? Revista de Gestão Costeira Integrada, vol.14, nº 3, p. 429-446, 2014. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/pdf/rgci/v14n3/v14n3a06.pdf. Acesso em: 15 maio 2019.

ARAÚJO, Solange S. As fontes de água em Salvador da Bahia da função à memória. Salvador, 2011. p. 01-05. Disponível em: http://www2.cm-evora.pt/AquedutosdePortugal/conferencistas/texto%20C%C3%A2mara%20%C3%89vora.pdf. Acesso em: 10 nov. 2015.

BAIRD, Donald M. Under Tow: a history of tugs and towning. St Catherines, Ontario: Vanwell Publishing, 2007.

BAVA-DE-CAMARGO, Paulo F. Arqueologia das fortificações oitocentistas da planície costeira Cananéia/Iguape, SP. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia/Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

BOWENS, Amanda. Underwater archaeology – The NAS guide to principles and practice. 2. ed. Porthsmouth: NAS, 2009.

BUCHILI, Victor; LUCAS, Gavin (eds.). Archaeologies of the contemporary past. London: Routledge, 2001.

DIEGUES. Antônio C. Nosso Lugar virou parque: estudos socioambientais do Saco do Mamanguá – Parati. 3. ed. São Paulo: NUPAUB/USP, 2005.

DURAN, Leandro D. Arqueologia marítima de um Bom Abrigo. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia/Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

ESPANHA. Museo Nacional de Arqueologia Marítima. Centro Nacional de Investigaciones Arqueológicas Submarinas. La Arqueologia Subacuatica em España. Murcia: Ministério de Cultura, 1988.

FERNANDES, Margareth M. S. Comunidades de pescadores artesanais de Meleiras e Barreiras, Conceição da Barra, ES: inserção dos territórios tradicionais na dinâmica econômica capixaba. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) - Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas/Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

FERREIRA JÚNIRO, Amarilio; BITTAR, Marisa. Educação jesuítica e crianças negras no Brasil Colonial. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 80, n. 196, p. 472-482, 1999.

FUNARI, Pedro; ZARANKIN, Andrés; REIS, José (orgs.). Arqueologia da repressão e da resistência. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2008. (História e Arqueologia em Movimento).

GOULD, Richard. Archaeology and the social history of ships. Cambrige: Cambridge University Press, 2001.

GONZALEZ-RUIBAL, Alfredo ; HARRISON, Rodney; HOLTORF, Cornelius; WILKIE, Laurie. Archaeologies of archaeologies of the contemporary past: An Interview with Victor Buchli and Gavin Lucas. Journal of Contemporary Archaeology, v. 1, n. 2, p. 265-276, 2014.

GONZÁLEZ-RUIBAL, Alfredo Time to destroy - an archaeology of supermodernity. Current Anthropology, v. 49, n. 2, p. 247-279, 2008.

GREEN, Jeremy. Maritime archaeology – a technical handbook. 2. ed. San Diego: Elsevier Academic Press, 2004.

GREENHILL, Basil; MORRISON, John. The archaeology of boats and ships – na introduction. London: Conway Maritime Press, 1995.

GUIMARÃES, Ricardo dos S. Arqueologia em sítios submersos: estudo do sítio depositário da Enseada da Praia do Farol da Ilha do Bom Abrigo - SP. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia/Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

GUIMARÃES, Ricardo dos S. Arqueologia subaquática na enseada da Praia do Farol da Ilha do Bom Abrigo (SP). Revista Navigator, n. 09, p. 47-64, 2010.

HARRISON, Rodney. Surface assemblages: towards an archaeology in and of the present. Archaeological Dialogues, v. 18, p. 141-96, 2011.

HARRISON, Rodney; BREITHOFF, Esther. Archaeologies of the contemporary world. Annual Review of Anthropology, v. 46, p. 203-221, 2017.

LEITE, Serafim. Cartas dos primeiros jesuítas do Brasil: 1538-1553. Coimbra: Tipografia da Atlântida. v. I., 1956. (Comissão do IV Centenário da cidade de São Paulo).

LEONE, Michael. Archaeology’s relationship to the presente and the past. In: Richard Gould; Michael Schiffer (ed.). Modern Material Culture – The archaeology of us. New York: Academic Press, 1981. (Studies in Archaeology). p. 05-14.

LOPES, Vera F. M. Era uma vez uma Ilha de Pescadores: impactos socioambientais dos grandes complexos industriais, conflitos e resistência (Ilha da Madeira/Itaguaí/RJ). Tese (Doutorado em Meio Ambiente) - Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

MATTA, Alfredo E. R. Casa Pia Colégio de Órfãos de São Joaquim: de recolhido a assalariado. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 1996.

MATTERSON, George. Tugboats of New York: An Illustrated History. New York: NYU Press, 2007.

MUCKELROY, Keith. Maritime archaeology. Cambridge: Cambridge University Press, 1978. (New Studies in Archaeology).

NEYLAND, Robert S. Underwater archaeology of the World Wars. In: CATSAMIS, A.; FORD, B.; HAMILTON, D. The Oxford Handbook of Maritime Archaeology. New York: Oxford University Press, 2011. p. 708-729.

NOVAES, Luciana de C. N. A morte visível e a vida invisível: um estudo sobre o assentamento de Exu e a paisagem sagrada da Enseada de Água de Meninos, Salvador (Bahia). Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Sergipe, Laranjeiras, 2013.

NUTLEY, David. Underwater archaeology. In: STANIFORTH, M.; NASH, M. Maritime Archaeoology: Australian approaches. New York: Springer, 2006. p. 83-96.

OLIVEIRA, Mário M. de. As primitivas defesas da cidade de Salvador. Revista da Cultura, ano VII, n. 12-13, p. 10-21, 2007.

PALACIOS, Tulio et al. Caracterización metalúrgica de una Tapa de Guerra del Acorazado “Graf Spee”. Revista de Arqueología Americana, n. 26, p. 241-253, 2008.

PORTO, Otávio. A. Arqueologia marítima/subaquática da 2ª Guerra: sua aplicabilidade no Brasil. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal de Sergipe, Laranjeiras, 2013.

RAMBELLI, Gilson. Arqueologia até debaixo d’água. São Paulo: Maranta, 2002.

RATHJE, William. A manifesto for modern material-culture studies. In: Richard Gould; Michael Schiffer (ed.). Modern Material Culture – The archaeology of us. New York: Academic Press, 1981. p.51-66 (Studies in Archaeology).

RICHARDS, Nathan; SEED, S. K. (ed.). The archaeology of watercraft abandonment. New York: Springer, 2013.

ROSA, Roberta da S. Sergipe no contexto da Segunda Guerra Mundial (1942): uma abordagem da Arqueologia de Ambientes Aquáticos. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal de Sergipe, Laranjeiras, 2015.

SHANKS, Michael; TILLEY, Christopher. Re-constructing archaeology – theory and prectice. 2nd. Edition. London: Routledge, 1992.

SILVA, Fabíola A.; NOELLI, Francisco. Mobility and territorial occupation of the Asurini do Xingu, Pará, Brazil: na archaeology of the recente past in the Amazon. Latin American Antiquity, v. 26, n. 4, p. 493-5, 2015.

SILVEIRA, Karla A. Conflitos socioambientais e participação social no Complexo Industrial Portuário de Suape, Pernambuco. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.

SIMON, Sônia M. D. Água de Meninos – Memórias da cidade de Salvador. p. 01-14, Salvador Seminário Arte e Cidade, 2006. Salvador. Disponível em: http://www.arteecidade.ufba.br/st2_SMD.pdf. Acesso em: 10 nov. 2015.

SOUZA, Luis A. P. Revisão crítica da aplicabilidade dos Métodos Geofísicos na investigação de Áreas submersas rasas. Tese (Doutorado em Oceanografia Química e Geológica) - Instituto Oceanográfico, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

SOUZA, Rafael A. Da Cerâmica ao plástico: arqueologia histórica das populações pescadoras do litoral norte da Bahia ao Longo do Século XX. Clio - Série Arqueológica, v. 27, p. 01-32, 2012.

SOUZA, Rafael A. Grés, vinho e imigração: arqueologia de uma produção vitivinícola, São Paulo, 1920-1950. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Cienc. Hum., v. 8, n. 1, p. 39-58, 2013a.

SOUZA, Rafael A. Margarina, Modernidade e arqueologia, São Paulo (1940-1970). Revista de História da Arte e Arqueologia, v. 20, p. 05-37, 2013b.

SOUZA, Rafael A. Novos paradigmas à cultura material sertaneja e a Arqueologia do século XX nos sertões do Pernambuco, Ceará e Piauí. In: I SEMANA DE ARQUEOLOGIA, Unicamp, 2013, Campinas-SP. Anais [...]. São Paulo: Unicamp, LAP/LEPAM, v. 1, p. 01-16, 2013c.

SOUZA, Rafael A. Pixações sob a ótica da arqueologia urbana. Revista de Arqueologia Pública, n. 8, p. 135-156, 2013d.

THIESEN, Beatriz V. Antes da poeira baixar: reflexões sobre uma arqueologia do passado recente. Revista Memorare, Santa Catarina, v. 1, n. 1, p. 222-226, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v17i1.7071

Direitos autorais 2019 Leandro Domingues Duran

Rodapé - Habitus

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS| Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis B2

Visitantes - (01/01/2005 - 01/08/2019)
País Usuários
Brasil 11.051
Estados Unidos 625
França 348
Argentina 155
Portugal 117
México 98
Reino Unido 84
Alemanha 77
Espanha 54
Total 13.137

Fonte: Google Analytics.