Movimento e Gis: uma percepção da paisagem

Jose Roberto Pellini

Resumo


Resumo: nos últimos anos tem crescido consideravelmente o uso dos chamados Sistemas de Informação Geográfica como ferramenta de análise em arqueologia. Mas toda esta popularidade vem sendo alvo de criticas. No trabalho a seguir apresentamos uma abordagem que utiliza aspectos associados a percepção e movimento como uma alternativa aos modelos de análise em GIS vigentes em arqueologia atualmente.

Palavras-chave: Movimento. Percepção. SIG. Arqueologia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v6.1.2008.171-186

Direitos autorais

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS | Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis B2