Colcha de Retalhos: um álbum de família

Vera Bergerot

Resumo


Resumo: de um trabalho etnográfico desenvolvido na cidade de Goiás, sobre uma colcha de retalhos1, foi possível fazer emergir lembranças impregnadas em cada pedaço de tecido, todos provenientes de sobras de roupas de um núcleo familiar - uma pequena sociedade composta por indivíduos, cada um com sua história. Somadas aos depoimentos recolhidos, as pesquisas sobre a confecção da colcha pode revelar momentos particulares com representatividade coletiva e, como um arquivo de memória, tal qual um álbum de fotografias, a colcha abriu-se para um exercício de rememoração de um grupo, de uma região, de uma época.

Palavras-chave: colcha de Retalhos. Memória. História.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/hab.v6.1.2008.103-115

Direitos autorais

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


HABITUS | Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7798 | Qualis B2