Realismo e Geopolitik: a questão do poder na Alemanha dos entregueras

Davi Alvarenga Balduino Ala

Resumo


Uma vez que o pluralismo teórico permeia todo o estudo na teoria das Relações Internacionais, o presente trabalho possibilitará uma discussão sobre o poder no lastro de duas escolas de pensamento, o Realismo Político e a Geopolitik. ?â?¬ luz dos conceitos da teoria realista sobre o poder nacional e dos debates em torno da geopolítica alemã em voga ao longo dos anos 1920 e 1930, é interessante as atuais provocações teóricas para que se entenda fenômenos como a luta pelo poder, na busca da exata compreensão de momentos da História, em particular os que antecederam a Segunda Guerra Mundial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v18i1.533

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.