Empresas de Salvação e Capitalismo do Imaginário como Desafio à  Sociologia da Religião a Relação entre Religião e Política como um Desafio à  Sociologia da Religião na Atualidade

Alberto da Silva Moreira

Resumo


O deslocamento do religioso trouxe também uma diluição das fronteiras entre religião e sistema econômico. As interrelações entre capitalismo e religião não são recente, como Marx e Weber na sua época já mostraram, mas atualmente parecem ter atingido uma intensidade ou uma qualidade nova. Correntes teóricas funcionalistas e liberais, como a chamada economia religiosa e a escolha racional aplicaram sem rodeios as categorias de análise da economia de mercado ao fenômeno religioso. Outra corrente, inspirada no marxismo e que parte da teologia, tem denunciado a pretensão religiosa do próprio sistema econômico. A sociologia da religião enfrenta a metáfora do cobertor curto: ela precisa pensar abordagens teóricas para enfrentar a complexidade crescente do econômico que pervade e desloca o campo e a noção de religioso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v6i1.930

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Rodapé - Caminhos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (09/03/2016 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.