Megatendências Mundiais 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): uma reflexão preliminar sobre a "Nova Agenda" das Nações Unidas

Giovanni Hideki Chinaglia Okado, Larissa Quinelli

Resumo


Resumo: este artigo propõe analisar a interação entre as megatendências mundiais 2030, isto é, eventos que provavelmente impactarão os próximos anos, e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), lançados pelas Nações Unidas em 2015. A análise está subdivida em quatro seções. Na primeira delas, procura-se apresentar uma moldura teórico- conceitual, agregando a Prospectiva Estratégica e as Relações Internacionais, para melhor compreensão do objeto de estudo. Na segunda, delineiam-se as megatendências mundiais 2030 em cinco dimensões: população e sociedade, geopolítica, ciência e tecnologia, economia e meio ambiente. Na terceira, contextualiza-se o surgimento dos ODS, retomando a agenda anterior dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). E, na última seção, avalia-se a interação entre as megatendências 2030 e ODS, considerando as convergências e divergências entre eles.
Palavras-chave: Prospectiva Estratégica. Relações Internacionais. Megatendências mundiais. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/baru.v2i2.5266

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


BARU | Revista Brasileira de Assuntos Regionais e Urbanos | Mestrado em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC Goiás | ISSN 2448-0460 |  Qualis B5